A importância do Psicólogo no tratamento de pacientes renais

Caroline Prates é psicóloga do Hospital Municipal de Jacobina

Em comemoração ao Dia do Psicólogo, celebrado em todo o país nesta quinta-feira, 27 de agosto, destacamos a importância da atuação deste profissional no tratamento das enfermidades. A Psicologia possui uma área de trabalho muito ampla. Além da pesquisa científica há um grande número de áreas em que o conhecimento da psicologia é aplicado, a exemplo da área da saúde.

Em Jacobina, o Hospital Municipal Antônio Teixeira Sobrinho (HMATS) tem como aliada no tratamento dos pacientes a psicóloga Caroline Prates de Albuquerque, graduada há oito anos pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Além de atuar com os pacientes da unidade que necessitam deste atendimento, a profissional é responsável pelo acompanhamento psicológico dos pacientes da Clínica de Hemodiálise.

A função principal de Caroline Prates é tratar os aspectos psicológicos do paciente e seus familiares frente ao processo de adoecimento, visando minimizar o sofrimento provocado pela hospitalização. Ela explica que “busca, a partir da assistência psicológica, auxiliar no enfrentamento de sofrimento psíquicos tais como: dificuldade de adaptação e negação ao tratamento, vivência da dor, perda da saúde, óbito”.

No caso dos pacientes da Hemodiálise, a insuficiência renal crônica é considerada um grave problema de saúde pública no mundo e o trabalho do psicólogo, como parte integrante da equipe de saúde, é de extrema importância para melhor adaptação, aceitação e bem estar do paciente.

Por conta da baixa rotatividade, os mais de 100 pacientes da Clínica de Hemodiálise do HMATS são acompanhados semanalmente. Já nos outros setores do hospital são acompanhados os pacientes que manifestam sintomas de ansiedade e depressão, aqueles submetidos a procedimentos cirúrgicos, os com dificuldade em adesão ao tratamento proposto e com dificuldade de relacionamento com a equipe de saúde.

“É importante ressaltar que os familiares também são atendidos, recebendo apoio e orientação em suas dúvidas, angústias, fantasias e temores”, destaca Caroline Prates. 

A psicóloga realiza atendimento psicoterapêutico através das seguintes condutas: avaliação psicológica do pacientes, acompanhamento terapêutico individual com pacientes e familiares, acolhimento. É realizado também visita de rotina em todas as enfermarias do HMATS para identificação de demandas. Caroline Prates atua na unidade três vezes na semana, sempre as terça, quarta e sexta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *