Jacobina adota uso do jornal nas escolas

Foto: Luciano da Matta/Ag. ATARDE

O município de Jacobina (a 338 km de Salvador) passou a fazer parte do seleto grupo de cidades baianas que adotaram o uso do jornal como ferramenta pedagógica. Nesta segunda-feira, 16, o prefeito de Jacobina, assinou um convênio com o programa A TARDE Educação, em parceria inédita.
O município da Chapada Diamantina é a 33ª cidade do estado a adotar tal metodologia. Por ora, duas escolas vão utilizar notícias diárias em sala de aula: a José Prado Alves, no distrito de Lajes da Batata (a 20 km da sede), e a Luiz Alberto de Carvalho, no bairro Jacobina 3.
Cerca de dois mil estudantes, somadas as duas escolas, terão acesso ao conteúdo jornalístico nas aulas, o qual envolve notícias referentes ao que ocorre na Bahia, no Brasil e no mundo, com temas relacionados a cidadania, direitos humanos, segurança, política, esportes e cultura, entre outros.
Para o prefeito, esse é mais um investimento do poder público local na pasta da educação, que consome cerca de 27% do orçamento anual do município, segundo ele. O valor está um pouco acima do estipulado pelo Ministério da Educação, que determina um gasto mínimo de 25%.
Leitura dinâmica
Segundo o prefeito, as duas escolas signatárias do A TARDE Educação possuem alunos dos ensinos básico e fundamental, além de integrarem o programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para Macedo, a proposta de utilizar o veículo centenário como ferramenta visa dinamizar a leitura.
“A ideia é fomentar uma leitura mais dinâmica, atualizada, com informações mais precisas do que os estudantes estão habituados a encontrar na internet”, disse. “Nosso objetivo é fazer com que os alunos interajam, discutam, o que nem sempre é possível com todos os livros”, acrescenta.
Conforme o prefeito, além dos investimentos feitos pelo município, a cidade de cerca de 85 mil habitantes tem sido um polo de ensino superior na região, com duas universidades, mais a previsão de uma outra com seis cursos, inclusive o de medicina.
“Nossa economia gira 70% em torno de serviços, mas as universidades ajudam a impulsionar o turismo, que já é atrativo por conta dos esportes de aventura”, disse. “Já temos residência médica e, com os novos cursos, esperamos atrair mais alunos da região”, frisou.
Parceria
O diretor-geral do Grupo A TARDE, André Blumberg, ressaltou que a parceria entre o jornal e o município é fruto do valor que o centenário confere à educação. “Fico feliz que Jacobina valoriza a educação, que é um investimento feito por A TARDE em todos os níveis”, disse.
A coordenadora do programa, Geórgia Oliveira, diz que, atualmente, o A TARDE Educação alcança mais de 50 mil estudantes na Bahia, como parte da função social do jornal, que tem ajudado na formação cidadã dos alunos, assim como no despertar da consciência crítica.
“Essa é uma parceria muito exitosa com o município de Jacobina, que é bem articulado na pasta da educação, visando investir no futuro dos estudantes”, avalia. “A TARDE vai somar com o trabalho que já é realizado, estimulando o aprendizado”, conclui.

(Fonte: Jornal A Tarde)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *