Incêndios criminosos continuam atingindo serras de Jacobina

Neste domingo, 29/11, o fogo mais uma vez consumiu parte da vegetação da Serra do Cruzeiro. No domingo anterior, 22/11, um incêndio já havia sido combatido nas proximidades deste último foco. Desta vez a SMMA foi avisada por pessoas que telefonaram para a Guarda Municipal (153), que entrou em contato com o Secretário de Meio Ambiente, Ivan Aquino. 
Junto com os bombeiros civis voluntários Cláudio Maia e Maíta, o secretário de meio ambiente chegou ao Cruzeiro por volta da 16h00min e permaneceu até às 20h00min, quando foram apagados os últimos focos. Segundo Cláudio “o incêndio foi criminoso, pois pelas evidências não existe a menor possibilidade de ser incêndio espontâneo”. Ivan Aquino disse que a “…dificuldade de pegar em flagrante criminosos que causam incêndios em nossas serras é porque eles evadem-se do local antes da equipe de combate chegar”. 
O prolongado período de seca que assola a região tem deixado a vegetação muito seca, facilitando a rápida expansão dos incêndios. O pequeno volume de chuvas que ocorreram no meio da semana foi insuficiente mudar o quadro de seca nessa área do nordeste.
Apelamos para o bom senso dessas pessoas que provocam esses incêndios para que pensem que, com suas atitudes, além de estar causando danos a fauna e a flora, também estão trazendo perigo para as pessoas que moram próximas às serras, estão matando nascentes, agravando o problema de falta d’água na região, causando poluição que provocam problemas respiratórios e cometendo crime ambiental.(Ascom/SEMA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *