Militantes do PT e PC do B fazem protesto contra impeachment de Dilma em Jacobina

Militantes do PT e de partidos aliados, a exemplo do PC do B,  participaram na tarde desta quinta-feira (31) de ato público em defesa do mandato da presidente Dilma.  Após concentração em frente à sede UNEB, os manifestantes percorreram as principais ruas da cidade, encerrando o protesto na Praça Rio Branco, no centro da cidade.

Segundo Paulo Sérgio Godin, presidente do Diretório Municipal do PT, este é mais um ato nacional “contra o golpe e a favor da democracia”. “Impeachment sem base legal é golpe”, pontuou.

O protesto, que pede a permanência de Dilma no governo foi escolhido para acontecer nesta quinta-feira, onde é comemorado os 52 anos do golpe militar do Brasil.

Aos gritos de “a verdade é dura, a Rede Globo apoiou a ditadura”, integrantes do manifesto levantaram faixas e cartazes em frente aos carros enquanto o semáforo estava vermelho na Ponte Francisco Rocha Pires.

“Estamos aqui em favor da democracia. Um impeachment nas condições que estão querendo estabelecer contra a presidente Dilma não é outra coisa senão um golpe. E isso não podemos admitir”, afirmou David Sena, presidente do Diretório Municipal do PC do B, que participou da manifestação

O evento contou também  com a participação do Movimento das Mulheres de Jacobina, da COFASPI, do Movimento dos Agricultores, Professores e alunos da UNEB, Professores e alunos de escolas do ensino básico de Jacobina, e sobretudo de diferentes coletivos estudantis (UJS, KIzomba, Levante Popular da Juventude)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *