Conselho da Uneb rebate críticas feitas por radialista em Jacobina

A Universidade do Estado da Bahia (Uneb), através do CONSEPE – Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão -, divulgou uma Nota de Repúdio contra os ‘ataques’ que o Campus IV diz ter sofrido em um programa de rádio em Jacobina.(veja aqui matéria publicada à época pelo Jacobina 24 Horas)
As divergências recentes entre o radialista Eraldo Maciel e as manifestações de alunos e professores contra o impeachment da presidente Dilma, causaram indignação por parte da universidade. A Uneb classifica como “ataques levianos e irresponsáveis” as críticas do radialista. 
Declaradamente contrário ao governo petista, Eraldo Maciel criticou duramente o posicionamento de estudantes e docentes da Uneb, por terem organizado um ato pró-governo pelas ruas de Jacobina. (Com informações do Jacobina Noticias)

Confira a íntegra da nota: 


CONSEPE repudia ataques contra atos pela democracia em Jacobina 

O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), reunido no dia 13 de abril de 2016, em Salvador, registra seu repúdio aos ataques levianos e irresponsáveis promovidos por programa de rádio do município de Jacobina, e nas redes sociais, contra a imagem desta universidade, e contra os atos públicos realizados por estudantes, docentes e servidores da instituição. 

Enquanto universidade pública, a UNEB assume o papel de assegurar a formação integral e crítica de seu corpo discente permitindo o acesso a conhecimentos e reflexões de caráter técnico, humano e cultural, bem como de contribuir para o fortalecimento da cidadania ativa e de um Estado efetivamente democrático. 

Este Conselho, portanto, legítima e respalda os atos públicos em defesa da democracia realizados por integrantes da comunidade acadêmica e reforça o seu posicionamento em defesa e promoção dos direitos humanos, da equidade e da diversidade de ideias e livre pensamento. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *