Após pressão popular, Câmara de Jacobina vai revogar “Emenda da Vergonha”

Resultado de imagem para vereador ramon jacobina 24 horas

O vereador Ramon Santos (PSC) afirmou, nesta segunda-feira (26), que a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Jacobina vai revogar a Emenda à Lei Orgânica do Município que garante estabilidade de salários para o funcionário que ocupar cargo eletivo por pelo menos 10 anos. A matéria foi aprovada a toque de caixa, na última sessão do ano, e gerou uma enorme insatisfação da população jacobinense, ganhando repercussão em toda mídia estadual. A proposta aprovada por 13 dos 15 vereadores ficou conhecida com a “Emenda da Vergonha”. (Veja matéria aqui)

“Diante da repercussão negativa e a reação da população, conversei com o vereador Clériston Alves (presidente da Câmara) e, ainda esta semana, vamos reunir a Mesa de Diretora para revogar essa emenda”, garantiu o vereador.

Apesar de ter votado a favor da matéria,  Ramon Santos acredita que a proposição foi colocada em votação numa hora inoportuna, sem um debate amplo com a população. “Mesmo sendo um direito legal, acho que o momento foi inoportuno”, justificou.

Para o vereador Tiago Dias (PROS), que votou contra a matéria, e revogação deveria ser debatida em plenário. “Se foi aprovado em plenário, o certo é votar também a revogação em plenário”, afirmou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *