Sexta-feira , Novembro 15 2019
Página Inicial / jacobina / Destaques / Academia Jacobinense de Letras divulga nota sobre a morte do Professor Edmundo

Academia Jacobinense de Letras divulga nota sobre a morte do Professor Edmundo

Foto da última visita do professor Edmundo Isidoro a Jacobina, durante confraternização da AJL, no final do ano passado

Em nota à imprensa, a Academia Jacobinense de Letras lamentou a morte do professor Edmundo Isidoro dos Santos, fundador e presidente de honra da AJL.

“É com grande pesar que a Academia Jacobinense de Letras – AJL – comunica o falecimento do seu Presidente de Honra e um dos fundadores da entidade, Pastor Edmundo Isidoro dos Santos. Sua contribuição para a sociedade jacobinense, em especial para nossa literatura, é de inestimável valor. Não temos dúvida que o mundo espiritual está em festa com sua chegada. Nós, acadêmicos, agradecemos ao Pai Celestial a oportunidade de termos convivido com esse grande ser humano, que, com sua sapiência, nos brindou com sua amizade e ensinamentos. Que nosso Presidente de Honra descanse em paz”, afirma a nota.

O professor Edmundo Isidoro dos Santos faleceu aos 86 anos, na madrugada desta sexta-feira (04.01), na cidade de Juazeiro, onde residia desde 2013.

Edmundo Isidoro dos Santos nasceu na cidade de Saúde e foi registrado em Campo Formoso, ambas situadas no Piemonte da Diamantina, Bahia. Era ministro Presbiteriano, bacharel em Teologia, licenciando em Filosofia, especializado em Metodologia e Programação do Curso Superior, e Mestre em Educação.

Em Jacobina foi docente da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e professor fundador do Campus IV, Diretor do Centro Educacional Deocleciano Barbosa de Castro (CEDBC) e do Colégio Municipal Gilberto Miranda (COMUJA), atuou como Secretário de Educação e Administrativo da Prefeitura Municipal de Jacobina, fundador e diretor do Semanário A Palavra, membro fundador da Academia Jacobinense de Letras (Presidente).

Filiado à Associação Baiana de Imprensa (jornalista), e escritor, tendo publicado 12 livros sobre assuntos diversos.

Foi casado com a professora Elza Martins dos Santos, e cuja a união nasceram Edel Isamar Martins dos Santos (licenciada em música, canto e regência, psicanalista e psicopedagoga), Eumarisa Martins dos Santos (advogada) e Eliã Siméia Martins dos Santos Amorim (Doutora em Educação).

Veja também.

Inaugurada a nova sede da Defensoria Pública em Jacobina

Nesta quinta-feira (12.09), a Defensoria Pública do Estado da Bahia ganhou uma nova sede na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: