Assistente Social abre mão do emprego formal para empreender na culinária

Fotos: Rafael Santana

Frutas fresquinhas, açúcar demerara, livre de aromatizantes e conservantes. Assim são produzidas as Geleias da Cida que, por ser 100% natural, tem agradado o paladar de muita gente e fez com que a assistente social Ivanildes Lopes desse uma guinada em sua vida profissional

(Por Tamara Leal) – Pós-graduada em Saúde Pública e em Educação Permanente em Saúde, Ivanildes abriu mão das garantias da Consolidação das Lei Trabalhista (CLT) – emprego com carteira assinada, 13º salário, FGTS e salário fixo – para se dedicar em tempo integral à fabricação de geleias artesanais.

Ela faz parte do grupo de pessoas que estão abrindo mão da suposta estabilidade financeira do emprego formal em busca da independência profissional. “Poder trabalhar em casa, fazer o meu horário e ficar mais próxima da minha filha foram motivações a mais para empreender”, revela.

Microempreendedora Individual (MEI) desde o ano de 2014, Ivanildes aliava o trabalho de assistente social com a venda de sandálias, sapatilhas e confecções. Mas, em novembro do ano passado, ela assistiu a uma entrevista sobre geleias artesanais no programa Pequenas Empresas & Grandes Negócios (PEGN) e decidiu que aquele seria o caminho a seguir.

“Pensei: por que não fabricar geleias artesanais? Fiz o curso Mestre em Geleias, com a Jornalista Graziela Canella, que mora no Rio de Janeiro e dá aulas para o Brasil todo, e parti para testar as receitas. As pessoas que degustavam achavam saborosas, elogiavam e encomendavam. Fiquei feliz com o feedback e decidi mudar de atividade. Também me matriculei em um curso de confeitaria fina e o resultado tem sido positivo. Estou amando fazer as geleias e os bolos”, ressalta.

No Balcão do Empreendedor de Jacobina, a MEI mudou a Classificação Nacional de Atividade Econômica (CNAE) para Fabricante de Geleia Independente, que engloba também a confeitaria, doces, dentre outras guloseimas. Já no Sebrae, Ivanildes acrescentou o nome fantasia – inspirado em sua mãe, grande incentivadora e parceira – Geleia da Cida e pretende registrar a marca contratando a consultoria Sebraetec.

O gerente do Sebrae em Jacobina, Geronilson Ferreira, explica que o cenário atual é influenciado fortemente pela necessidade de formalização. “Ter seu próprio negócio, muitas vezes, num pequeno espaço, concretiza seu sonho, sobretudo seguindo as características do empreendedor. Percebe-se que Ivanildes os pratica e, aos poucos, com muita dedicação, expandirá o seu empreendimento e explorará ainda mais o mercado.  Destaco ainda que, em tão curto tempo, a Geleia da Cida já está nas gôndolas das principais delicatessen de Jacobina, ratificando a boa aceitação”, comenta.

Qualificações

Para colocar em prática a indústria artesanal de geleia, Ivanildes buscou a Vigilância Sanitária de Jacobina e aguarda o Selo de Inspeção Municipal (SIM), voltado para a sua atividade – a Secretária da Agricultura ficou de avisar quando irá começar a enquadrar as empresas área vegetal, pois estão concluindo o SIM animal. Além disso, a empreendedora foi em busca de uma nutricionista para preparar a tabela nutricional das geleias e de um designer para produzir os rótulos.

Atualmente, são produzidos noves sabores: morango com limão siciliano, ameixa, banana com kiwi, manga com maracujá, abacaxi com pimenta, pimenta, abacaxi com gengibre e goiaba. Quatro novos sabores – cebola no balsâmico, damasco com laranja, uva e figo com baunilha – estão sendo testados e, em breve, estará nos pontos de venda. A empreendedora já tem proposta para trabalhar com exclusividade a linha Diet para uma empresa de produtos naturais da cidade.

Nutricionista, Aline Grassi ressalta que a Geleia da Cida é feita com frutas sazonais, que agregam um alto valor nutritivo ao produto. “O produto traz benefícios à saúde dos seus consumidores, pois não possui aditivos químicos artificias, como corantes, edulcorantes, dentre outros. Optar pela geleia artesanal da Cida é uma opção saudável e saborosa”, afirma.

Mesmo com pouco tempo de mercado, a Geleia da Cida já pode ser encontrada em diversos pontos da cidade: Delicatessen DellyPães, Supermercado Vale das Serras, Supermercado Pague Menos, Sertão Natural, Super Pão e Panificadora Nutry Pães. A solicitação de outras informações e os pedidos podem ser feitos pelos telefones (74) 9 9116 -7231 e 9 9901- 0185.

Sebraetec: inovar no seu negócio pode ser fácil

Sebraetec promove o acesso de pequenos negócios a soluções em sete áreas de conhecimento da inovação: Design, Produtividade, Propriedade intelectual, Qualidade, Inovação, Sustentabilidade e Serviços Digitais. O programa aproxima os dois atores essenciais para a implementação da inovação: os pequenos negócios e os prestadores de serviços tecnológicos.

Mais informações sobre as soluções Sebrae podem ser obtidas pessoalmente, no Sebrae em Jacobina (Rua J.J Seabra, 69, Estação), ou pelo telefone (74) 3621-4342. Também é possível entrar em contato com a agência do Sebrae em Senhor do Bonfim (Rua Benjamin Constant, nº 12, Centro), ou no telefone (74) 3541-3046. O Balcão do Empreendedor fica localizado na Rua Senador Pedro Lago, 40 – Centro de Jacobina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *