Home / jacobina / destaque / “Verba de R$ 9,5 milhões não será usada na compra do Regional, mas para o seu custeio”, esclarece prefeito

“Verba de R$ 9,5 milhões não será usada na compra do Regional, mas para o seu custeio”, esclarece prefeito

Ao contrário do que setores da oposição vêm espalhando nas redes sociais, a verba no valor de R$ 9,5 (nove milhões e quinhentos mil reais) creditada pelo Ministério da Saúde na conta da Prefeitura de Jacobina não será utilizada para a compra do Hospital Regional Vicentina Goulart, que está em processo de desapropriação.

Diante de tantos boatos divulgados nas redes sociais, a reportagem procurou o prefeito de Jacobina, Luciano Pinheiro, para esclarecer o assunto.

“Não sei se é desespero ou falta de inteligência dessas pessoas, que ao invés de se alegrar, de comemorar essa grande conquista para a nossa região, preferem ficar contra, torcer pelo quanto pior, melhor”, avalia o prefeito.

O prefeito Luciano Pinheiro esclarece que na própria declaração que fez, neste sábado, ficou claro que essa verba será para manter o funcionamento do Hospital Regional Vicentina Goulart. “É a garantia que precisávamos para fazer o Regional funcionar plenamente, se transformando num dos melhores centro de saúde do estado”, afirmou o gestor.  

Segundo Luciano Pinheiro, mesmo na oposição, é preciso ter responsabilidade, respeito com os seus concidadãos e não ficar tramando contra o progresso do município, alimentando ódio e discórdia. “Lamentavelmente, vimos pessoas ficarem contra a reabertura do Hospital Regional, se posicionar contrariamente a liberação desses R$ 9,5 milhões por parte do Ministério da Saúde. Ai eu pergunto: essas pessoas amam Jacobina? Claro que não. Estão pensando apenas em seus projetos pessoais, não estão nem para o sofrimento do povo, são verdadeiras aves de mau agouro”, aponta o prefeito.

Questionado pela reportagem sobre a aquisição de novas ambulâncias para o SAMU, o prefeito Luciano Pinheiro afirmou que na sua última visita à Brasília, quando se reuniu com o ministro Henrique Mandeta, na companhia do deputado federal Elmar Nascimento (DEM), foi apresentada a demanda a chefe da pasta da Saúde, e o município deverá receber novas e modernas ambulância do SAMU-192.

“Apesar de já te formalizado essa demanda junto ao Ministério da Saúde, seria de bom alvitre que os deputados que foram  votados em Jacobina, seguissem o exemplo de Elmar Nascimento, e destinassem alguma emenda para o município de Jacobina. Com certeza, será bem-vindo. O que não pode, lamentavelmente,  é o representante do deputado, votado em Jacobina, mandar a emenda para outra cidade, como temos exemplos aqui. Ou seja, o cidadão residem em Jacobina, foi eleito com o voto do povo jacobinense, mas, na hora que surge uma emenda, ele pede para mandar para outro município. Com certeza, esse não é um bom amigo para o povo de Jacobina”, concluiu o prefeito.

Sobre admin

Veja também.

João Leão coloca Rui Macedo à disposição da Assembleia Legislativa da Bahia

O ex-prefeito de Jacobina, Rui Macedo, que é funcionário de carreira do Estado, lotado na …

One comment

  1. Auta Estevam de Souza Dourado

    Parabens Luciano Pinheiro, que Deus abençoe sua caminhada. Jacobina merece esse hospital de volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: