Home / Artigos / Entidades já podem se organizar para inscrever projetos sociais no próximo Seminário de Parcerias

Entidades já podem se organizar para inscrever projetos sociais no próximo Seminário de Parcerias

Reunião sobre novos critérios será realizada em 10 de Setembro

Instituto Yamana vai realizar no dia 10 de Setembro, a partir das 13h30, em Jacobina (BA), a primeira reunião do Seminário de Parcerias de 2019. O encontro será no Sindicato dos Comerciários de Jacobina (Rua Artur Diniz Veloso, 56 – Centro). 

Na oportunidade serão apresentadas as regras do novo regulamento, as orientações de como preencher o projeto e os prazos de inscrição. Podem participar instituições filantrópicas e de assistência social, escolas, igrejas, ONGs, associações de moradores e de classes, além de cooperativas de agentes econômicos, que sejam de Jacobina e legalmente constituídas. 

Os projetos selecionados são escolhidos de forma democrática, conforme as necessidades atuais das comunidades em questão, e recebem apoio por meio de financiamento de recursos e acompanhamento das atividades. Essa é uma das iniciativas realizadas localmente por meio da Yamana Gold para contribuir com o desenvolvimento de projetos socioambientais das organizações sociais locais das comunidades do entorno da Jacobina Mineração e Comércio (JMC).

 O Seminário de Parcerias lança novas edições anualmente, o que dá a oportunidade para que mais projetos sejam reconhecidos e apoiados e mais pessoas, além das 50 mil beneficiadas, possam ser contempladas pelas ações. Na edição de 2018 do Seminário, o Instituto Yamana selecionou 21 novos projetos, das categorias Geração de Renda; Educação; Saúde; e Assistência Social, propostos por organizações de Jacobina e comunidades rurais de seu entorno.

 Um desses projetos foi apresentado por Jozelito Dutra Souza, presidente da Associação da Jaboticaba, que conseguiu aprovar o primeiro projeto no Seminário em 2018. A comunidade, formada por 50 famílias conquistou uma fábrica de polpas de frutas que, na fase de teste, será usada para produção de consumo próprio, melhorando a alimentação dos moradores.

O projeto da associação é de ampliar a experiência com o uso do equipamento e tornar a atividade viável comercialmente. Jozelito reconhece que há ainda um longo caminho a ser percorrido até se chegar à adequação das regras de vigilância sanitária e tornar o negócio viável. Mas, ele reconhece o valor do ponta pé inicial conseguido com o incentivo do Seminário. “Foi muito bom participar do Seminário ano passado e estamos aguardando para participar novamente neste ano. Nossa região tem muitas frutas e seguiremos com o nosso objetivo de montar uma fábrica para as fazendas”, planeja. 

Sobre o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental

Criado em 2012 pela Yamana, o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental tem como objetivo principal promover o desenvolvimento nas regiões onde atua por meio de iniciativas educacionais, sociais, ambientais e culturais, contribuindo para o desenvolvimento local por meio de ações, projetos e programas específicos, respeitando a diversidade cultural e características locais.

O Instituto Yamana é o responsável pela gestão e desenvolvimento dos programas de responsabilidade socioambiental da companhia e o faz por meio de parcerias com instituições para estimular pesquisas, incentivando ainda o conceito de voluntariado, a ética, cidadania e a democracia.

Sobre admin

Veja também.

Marcelino Galo consegue eletrificação para loteamento Pedro Henrique Ferreira, em Lages do Batata

O deputado estadual Marcelino Galo (PT) anunciou nesta segunda-feira (16.09) a ampliação da rede elétrica …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: