Home / jacobina / destaque / Projeto da Câmara de Jacobina denomina de Major Assunção a Rua do Tiro de Guerra

Projeto da Câmara de Jacobina denomina de Major Assunção a Rua do Tiro de Guerra

O Major Assunção faleceu no ano passado aos 80 anos (Foto: Alex Felix)

A Câmara Municipal de Jacobina aprovou o Projeto de Lei Nº 1936/2019, de autoria do vereador Juliano Cruz (PSDB), que altera o nome da rua onde está localizado o Tiro de Guerra 06.008, atualmente denominada de Presidente Kennedy, para Rua Major Assunção.

O vereador Juliano Cruz é o autor da homenagem ao Major Assunção

Segundo o vereador Juliano Cruz, presidente da Câmara Municipal, a proposta visa homenagear a memória do Major EB Florentino Cardozo de Assunção Sobrinho, que faleceu no dia 6 de maio de 2018, gravando seu nome num logradouro público onde está localizado o Tiro de Guerra, unidade do Exército Brasileiro, da qual o homenageado foi comandante na década de 80.

O então Tenente Assunção no comando do TG 06.008 (Foto: arquivo)

Menino de origem humilde – Nascido em Salvador, no dia 27 de outubro de 1937, Florentino Cardozo de Assunção Sobrinho era de origem humilde. Seu pai Antônio Cardozo Nascimento era caminhoneiro, e sua mãe Doralice Cardozo Assunção era doméstica, que ajudava na receita do lar vendendo balas  de mel caseiras.

Paixão pelo Exército Brasileiro –  Mesmo a contragosto dos pais, que sonhavam com o filho padre, aos 17 anos, o jovem Florentino Cardozo fugiu para o Rio de Janeiro com o objetivo de se alistar no Exército, onde ingressou como soldado recruta, fazendo em seguida o curso de cabo de infantaria combatente, e no mesmo quartel fez o curso de sargento.

Dedicado à carreira militar, Florentino Cardozo fez outros cursos, dentre os quais, de perito criminal da Polícia do Exército, de guerra da selva e de inteligência na Escola de Formação do Exército.

Jacobina na vida do Capitão Assunção – Promovido a Subtenente, Florentino Cardozo de Assunção Sobrinho recebeu a missão do Exército para comandar o Tiro de Guerra 06-008, chegando a cidade de Jacobina no dia 02 de julho de 1981.

Homenagem do Exército Brasileiro

Corrida Duque de Caxias – No mesmo ano da sua chegada à Jacobina, preocupado com a ociosidade e o índice de alcoolismo entre os jovens jacobinenses, o Subtenente Assunção decidiu criar um evento voltado ao atletismo, nascendo, assim, a Corrida Duque de Caxias. Capitaneado pelo Tiro de Guerra, e com o apoio da Prefeitura Municipal, à época sob a gestão do prefeito Flávio Mesquita, a primeira Corrida Duque de Caxias aconteceu no dia 30 de agosto de 1981, com a participação de atletas apenas do sexo masculino, sendo registrados 302 inscritos, com premiação de 12 troféus. Como não havia emissora de rádio em Jacobina, a promoção da corrida foi realizada com a ajuda do carro de som de João Araújo (JPropago) e o do serviço de autofalante de Raimundo Honorato de Oliveira, conhecido como “Preto”, localizado na Praça da Matriz. Nos anos seguintes, a Duque de Caxias cresceu de forma espetacular, se transformando numa das maiores e mais premiadas corridas de rua do Brasil.  

Obstinação e criatividade – Com uma tenacidade incrível, o Capitão Assunção revolucionou a história de Jacobina, especialmente, no esporte e na cultura. Além da Duque de Caxias, criou os Jogos Estudantis, Caminhada da Luz, Corrida Mirim, Fórmula Jegue, e tantas outras iniciativas louváveis que ficaram eternamente na nossa memória.

Música e Saudade –  Dentre tantas atividades, o Capitão Assunção também era um grande comunicador. Foi um dos primeiros locutores da Rádio Clube Rio do Ouro AM, inaugurada em 1982. Anos depois, se mudou para a Jacobina FM, onde apresentava o programa “Música e Saudade”, que durante quase trinta anos preencheu as manhãs de domingo de milhares ouvintes, embalados pelas mais lindas melodias do cancioneiro nacional e internacional.

Título de Cidadão Jacobinense – Nascido em Salvador, mas jacobinense por opção, no dia 25 de abril de 1986, o Capitão Assunção foi condecorado pela Câmara Municipal de Vereadores com o Título de Cidadão Jacobinense, numa justa homenagem pelos relevantes serviços prestados à Cidade de Ouro. 

O presidente Kennedy foi assassinado em 22 de novembro de 1963

A Rua  Presidente Kennedy era  uma homenagem a John Fitzgerald Kennedy (1917-1963), que foi um militar, político e presidente dos Estados Unidos de 1961 a 1963.

Seu governo ocorreu em plena Guerra Fria e foi marcado pela construção do Muro de Berlim, a Crise dos Mísseis, a Corrida Espacial, a Guerra do Vietnã e o Movimento dos Direitos Civis Americanos.

O presidente Kennedy foi assassinado em 22 de novembro de 1963 quando visitava com sua esposa, Jacqueline Kennedy, a cidade de Dallas, no Texas.

Sobre admin

Veja também.

Projeto de lei proíbe criação de animais de grande porte no perímetro urbano de Jacobina

A lei irá punir proprietários que deixarem animais soltos nas ruas Tramita em fase conclusiva, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: