Cursos extensionistas relacionam educação com tecnologias digitais

eis cursos, com carga horária e certificação de 30h, voltados para as tecnologias educacionais, estão sendo oferecidos pelos formandos da Licenciatura em Computação do Campus Jacobina do IFBA. Crianças, adolescentes e adultos participam das formações, organizadas através da disciplina Estágio Supervisionado em Computação IV.

Sob a supervisão dos docentes da área Lorena Ramos, Alberto Vianna, Rebeca Barros e Carina Machado, os licenciandos atuam como facilitadores das formações, realizadas no turno vespertino, desde o dia 11 de novembro. O objetivo é envolver os futuros profissionais na dinâmica do mundo do trabalho, proporcionando o diálogo entre educação, cultura, meio ambiente e responsabilidade social, ao oferecer à comunidade externa opções de capacitação no campo da computação. Robótica pedagógica e letramento digital são alguns temas abordados.

Para o formando Gustavo Lopes (8º semestre), facilitador do curso Professores e Licenciandos da Língua Inglesa na produção de Mídias e Tecnologias Educacionais (MTEs), a proposta surgiu da necessidade de formação continuada, no intuito de orientar os participantes de maneira técnica e pedagógica. 

“Estamos capacitando professores e futuros docentes para a criação, utilização e compartilhamento de mídias educacionais juntamente com os seus alunos, através dos softwares livres GIMP, KdenLive e Audacity, contribuindo para o aprendizado significativo e colaborativo”, explica o jovem. 

Na opinião da cursista Cassia Sirene Soares, estudante de licenciatura em educação física (EaD), a formação tem sido oportuna para aprofundar saberes sobre mídia e tecnologia. Para a colega Orleane Jambeiro, que é professora de inglês, o curso é válido e importante para inovar as práticas pedagógicas. “Manusear bem os aparatos digitais é um desafio no meio educacional, uma vez que nossos alunos têm conhecimento e dialogam bem com esses recursos. O professor não deve se esquivar de fazer uso do celular, por exemplo, desde que a tecnologia contribuía com o processo de ensino-aprendizagem”, pontua.

As aulas seguem até o dia 19 de dezembro. Mais informações aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *