Delegado fala sobre prisão de acusados da morte de mototaxista em Capim Grosso

Na tarde desta terça-feira (21.01), durante entrevista ao repórter Aroldo Rogério ( O Fala Sério), na Rádio Jaraguar FM, o delegado de Capim Grosso, Jaime de Brito Andrade, falou sobre a prisão de dois acusados pela morte do mototaxista Ezimar Cerqueira dos Santos, 35 anos, que teve o corpo localizado hoje, próximo ao açude da cidade, depois cinco dias desaparecido, o que gerou uma grade mobilização e comoção da comunidade capimgrosense.

Os dois acusados de matar o mototaxista Ezimar Cerqueira foram presos na sede do município de Capim Grosso, sendo um próximo ao posto do KM 12 e o outro no bairro do Novo Oeste.

Segundo o delegado, provavelmente, nesta quarta-feira (21), a polícia deverá concluir as investigações e apresentar oficialmente os acusados, que não tiveram as identidades reveladas, mas, sabe-se que se trata de um maior e outro menor de idade. Um segundo elemento, que também estaria envolvido no crime, está sendo procurado, podendo ser preso a qualquer momento, inclusive já foi pedido de prisão preventiva do mesmo junto ao Poder Judiciário.

Em relação à transferência dos dois acusados para o Complexo Policial de Jacobina, o delegado Jaime de Brito justificou que “em nenhum momento, desde a prisão deles, houve clima para que esse procedimento fosse finalizado na cidade de Capim Grosso”.

Comoção e revolta da população de Capim Grosso com a morte brutal do mototaxista Ezimar Cerqueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *