Pai faz apelo para ajudar filho que teve residência invadida e furtada em Jacobina

O guarda municipal aposentado Balduíno Silva, mais conhecido como BADU, artista popular e um dos líderes da comunidade negra de Jacobina, buscou a imprensa com o objetivo de pedir ajuda para um dos seus filhos que, além de enfrentar problemas de saúde, teve a residência invadida e furtada no bairro do Peru.

O ladrão aproveitou a ausência do morador, que estava internado do Hospital Antônio Teixeira Sobrinho, para furtar vários objetos domésticos.

Badu chegou a ligou para as emissoras de rádio local, apelando para que o ladrão devolvesse os pertences do seu filho, incluído panelas e botijão de gás, mas até agora o apelo não sensibilizou o larápio.

Diante da situação, algumas pessoas da comunidade já começaram a se mobilizar para ajudar esse rapaz, que trabalha como ajudante de pedreiro, mas que  vinha enfrentando problemas de saúde, inclusive com o alcoolismo.

“Como pai, ficaria muito feliz se as pessoas de bom coração pudessem me ajudar a auxiliar o meu filho, doando panelas, um botijão de gás, que foram alguns dos utensílios levados pelo ladrão, além de nos apoiar na conclusão da sua residência, que ainda falta rebocar as paredes, precisa de um vazo sanitário, dentre outros pequenos reparos. Com doação de cimento e barro, poderíamos fazer através de mutirão, pois ele tem vários amigos que estão dispostos a ajudar com a mão de obra”, relata o Velho Badu.

Para participara da campanha, as pessoas podem fazer contato diretamente com Badu pelo telefone e whatsapp (74) 9 8111-6860.

Badu fez parte da primeira turma da Guarda Civil Municipal de Jacobina, que foi fundada em 24 de julho de 1967 pelo então prefeito José Prado Alves, Zuquinha Prado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *