“Continuam aumentando os casos de covid em Jacobina”, alerta secretária Kátia Alves

Nesta quarta-feira (06), em entrevista concedida à Rádio Jaraguar FM,  a secretária municipal de Saúde, Kátia Alves, afirmou que continua crescendo o número de infectados pela covid-19 no município de Jacobina.

“Os casos de covid continuam aumentando em Jacobina. A nossa rede hospitalar está operando com 80% da sua capacidade. Esse número pode variar para mais ou para menos a cada dia”, afirma Katia Alves.

Questionada sobre a falta de divulgação do Boletim Epidemiológico da Covid-19, a secretária justificou que enfrentou problemas na recepção dos dados que vinham sendo catalogados e divulgados pela gestão anterior.  “Tivemos algumas dificuldades em recepcionar esses dados, mas o problema já está sendo superado. Não vamos inventar números, vamos divulgar somente aquilo que for real”, salientou, acrescentando que até o início da noite de hoje será publicado o primeiro boletim da nova gestão sobre a pandemia do coronavírus no município de Jacobina.

Em relação a falta de testes rápidos, Kátia Alves relatou que, em razão da revogação do decreto emergencial do Governo Federal, o Município precisa adequar as compras desses insumos, obedecendo a lei de licitações. “Já encaminhamos esse pedido para o setor competente da Prefeitura, que está alisando a forma correto de compramos esses insumos”.

Sobre o questionamento feito pelo ex-deputado federal Amauri Teixeira (PT), cobrando a instalação de um “Comitê de Crise” para enfrentar a pandemia de coronavírus em Jacobina, a secretária Katia Alves ressaltou que o referido “Comitê de Crise” foi criado desde o ano passado.

Kátia Alves fez um apelo para que os jacobinenses não relaxem as medidas de segurança, pois, só assim, é possível evitar a disseminação do vírus. “As pessoas precisam seguir as medidas de proteção, evitar aglomerações, utilizar as máscaras, fazer a higienização das mãos e, quem for do grupo de risco, por favor, não saia de casa”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *