Depois de se curar de covid, mulher de 32 anos morre de infarto em Jacobina

A cozinheira Aline da Silva Barbosa, 32 anos, morreu neste domingo (03.01), depois de sentir uma dor no peito e ser socorrida para UPA 24 Horas em Jacobina.

Como Aline sofria de problemas cardíacos e, recentemente, havia sido contaminada pela covid-19, tudo levar a crer que ela foi vítima de um infarto, possivelmente, agravado pelas sequelas deixadas pela doença.

Natural do povoado de Roçado, no distrito de Caatinga do Moura, Aline Silva residia atualmente no Conjunto Habitacional Cidade do Ouro, e trabalhava como cozinheira, sendo especialista em comida baiana. Ela deixa esposo e um filho de nove anos.

O corpo de Aline Silva será sepultado nesta segunda-feira (4), no Cemitério Municipal do povoado de Roçado, em Caatinga do Moura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *