Governo Rui assina contrato para criar Cesol de Jacobina

O secretário de Trabalho, Emprego e Renda (Setre) da Bahia, Davidson Magalhães, assina nesta quinta-feira (6) o contrato para a implantação e gestão do Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol) de Jacobina e Senhor do Bonfim. O financiamento total é de R$1,6 milhão, com R$ 400 mil de emenda parlamentar do deputado federal Jorge Solla (PT-BA).

“Essa é uma luta que travamos desde 2019, quando o ex-deputado Amauri Teixeira e Mariana Oliveira nos trouxeram essa demanda. Garantimos uma emenda parlamentar para financiar esse novo equipamento, e de outro lado, com apoio também do deputado estadual Marcelino Galo, fomos ao secretário Davidson, que abraçou o projeto desde o primeiro momento”, destaca Solla.

As unidades do Cesol de Jacobina e Bonfim serão implantadas e administrados pela Associação de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável do Estado da Bahia (Adesba). Ao todo, serão contemplados 128 empreendimentos solidários, que contarão com prestação de assistência técnica.

Além dessa assistência, o Cesol dispõe de uma espécie de loja onde as associações e pequenos empreendedores expõem e vendem seus produtos, como artesanatos, itens beneficiados da agricultura familiar e manufaturas produzidas baseadas na economia solidária.

“Essa é uma conquista do movimento das artesãs de Jacobina. Elas que foram pra cima, criaram essa demanda, e nós tivemos a capacidade de dialogar com o deputado Solla e com o governo do Estado, para tirar do papel. Será, sem dúvidas, o vetor de renda para muitas famílias de toda a região”, afirma Amauri.

Legenda: Em outubro de 2019, reunião na SETRE definiu a estratégia para tirar a Cesol de Jacobina do papel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *