Vereador Valnei dos Anjos é afastado por trinta dias e responderá a processo disciplinar

Na manhã desta quinta-feira (9/6), durante sessão ordinária na Câmara Municipal, a Comissão de Ética apresentou parecer pelo acolhimento de duas representações, apresentadas contra o vereador Valnei dos Anjos (PC do B) por quebra de decoro parlamentar.

Após a leitura dos requerimentos em plenário, o presidente Juliano Cruz (Solidariedade), atendendo a sugestão o vereador Noelson Oliveira (DEM), suspendeu a sessão por trinta minutos, para que a Comissão de Ética apresentasse o parecer jurídico em relação às duas representações.

A Comissão de Ética, formada pelas vereadoras Adriana Alves (Cidadania), Simone Souza (PTC) e  pelo vereador Josevaldo Carmo (Zé do Povo), do PTC, apresentou parecer jurídico acolhendo as duas representações contra o edil Valnei dos Anjos.

No parecer, a Comissão de Ética sugere a suspensão do vereador Valnei dos Anjos pelo período de trinta dias, podendo ser prorrogado por igual período.

Logo após a leitura do parecer, o presidente Juliano Cruz suspendeu a sessão mais uma vez, para que a Comissão de Constituição e Justiça se pronunciasse em relação à constitucionalidade da matéria.

Em seguida, o parecer da Comissão de Ética foi colocado em votação em plenário, sendo aprovado por unanimidade.

Os dois requerimentos, com pedido de afastamento e cassação de mandato do vereador Valnei dos Anjos, acusado de agredir fisicamente a servidora pública Ellen Mascarenhas, foram do assinados separadamente pelo Diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), através do seu presidente  Daniel Costa Braz, e pela presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), Mariana Matos de Oliveira, tendo também com signatárias a empresária Maria Neide Oliveira Vieira e a professora Camila Santos Haveline da Fonseca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.